Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2006

“Diz Amor”

Detesto que me chamem “ Amor” “Mor”
Pelo que sei, essa palavra não consta no meu Bilhete de Identidade.
O meu Nome é Bruno, não é nada dessas “paneleirices”
Será que custa entender a algumas “gajas” que nós “gajos não gostamos dessas mer***.

Outra coisa que me irrita profundamente, é estarem constantemente a dizerem “Amo-te muito”…
No amor não é preciso dizer Demonstra-se no dia a dia, demonstra-se nas atitudes…
Por vezes dou comigo a pensar…
Será que existe algum gajo que goste de ouvir isto constantemente?
Eu não gosto, satura estar constantemente a ouvir isso…
Acho que por vezes os actos valem mais que mil palavras, e isso é que são provas de amor.

Leiam isto como um desabafo….

publicado por fartodotrabalho às 13:54
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Engates recentes

. Near the end...

. Quando eu te falei em Amo...

. Outra vez natal...

. As coisas boas da Vida

. Quero-te aqui

. The Wall

. Ouvir o Silencio

. Eu vou...

. Cantas Comigo???

. Cadeira Horrível!!!

.Engates Passados

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005