Quinta-feira, 17 de Novembro de 2005

Eu espero

Imagem(52).jpg


Foto Tirada por mim num dos meus momentos de reflexão




Eu espero

Para te ter ao pe de mim, um minuto que seja!



Eu espero

Vou ficar aqui, ate a tua volta.

Quero voltar a beira mar contigo

Abracar-te.

Quero voltar a ouvir a tua voz.



Foi um momento no tempo,

Depois de tanto tempo

Foi pouco o tempo,

No momento.

O abraco com aquele tempo.



Com todo o meu amor

Eu espero




publicado por fartodotrabalho às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2005

Para Ti

Ainda que seja mais para mim do que para ti, falar para ti é, muitas vezes, uma forma de me reencontrar, de simplificar o que me rodeia e, assim, ver como evidente o caminho a seguir.
O caminho a seguir é o da verdade. O caminho a seguir é o de mim para mim próprio, para que possa estar mais próximo de ti, mais próximo (efectivamente próximo) de todos aqueles que me rodeiam e me amam.
O caminho é ser um pouco como tu. Ou melhor, é ser muito como tu. É reduzir as coisas à tua dimensão ou, mais certamente, elevá-las à tua dimensão.
Na tua dimensão, as coisas tornam-se claras, e revela-se evidente o caminho a seguir. Os caminhos, muitas vezes, encontram-nos repletos de dúvidas, de medo de podermos errar, falhar, tomar decisões contraproducentes. Então temos que fazer como tu fazes. Olhar para o que sentimos que queremos, olhar para o que, no fundo de nós, sentimos estar correcto.
Isto é mais importante ainda quando compreendemos que esse caminho não será, num primeiro momento, fácil. É provável que, num determinado momento, nos encontremos sozinhos. Alguém me disse que nunca estamos sozinhos porque o amor está em toda a parte. Talvez assim seja, de facto. Mas visto o caminho correcto, mesmo que sozinhos, não nos resta outra opção que não seja segui-lo. Onde irá dar este caminho? Onde irão dar todos os caminhos? Nunca podemos saber a priori. Mas podemos, porém, saber que se nos seguirmos a nós próprios, se seguirmos a parte de nós que é capaz de dar, não existe acontecimento futuro que nos possa tirar esta coisa essencial: o gostarmos de nós. O gostarmos de quem somos. E isso, isso vale tudo. Isso mata as noites pesadas, isso suporta os dias difíceis.
Falar para ti e falar de mim. Sempre, ao longo deste tempo, tenho aqui falado de ti (e de mim também, num certo sentido), mas agora é mesmo de mim que te falo.
Para que saibas que as coisas que mudaram em mim, mudaram porque urge viver a vida num caminho que nos aproxime de nós próprios, do que de melhor podemos ser. Porque só assim também poderemos estar mais próximos dos outros.
Para que saibas que talvez os próximos tempos seja complicados. Não para ti, de nada te aperceberás, porque eu sou uma redoma que te protege. Porque és a pessoa mais importante da minha vida e dos meus lábios verás sempre um sorriso, um sorriso verdadeiro, verdadeiro por te amar.
Mas serão complicados, provavelmente.
Mas, com a força de um regresso a mim próprio, encontrar-me-ei no fim desse caminho. E serei uma pessoa melhor.
E eu precisava que tu, ainda que seja daqui a 10 anos, soubesses que no dia 16 de Novembro de 2005 eu precisei, para encontrar toda a força em mim, de te escrever, de procurar a tua visão do mundo.
Toda a força se encontra em ti.
Como um dia se encontrou em mim.
Efectuo o caminho de regresso. A mim.
Por mim.
Por ti.
Para ti.

publicado por fartodotrabalho às 15:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Novembro de 2005

Silêncio

Quando a ternura
parece já do seu ofício fatigada,
e o sono, a mais incerta barca,
inda demora,
quando castanhos irrompem
os teus olhos
e procuram
nos meus navegação segura,
é que eu te falo das palavras
desamparadas e desertas,
pelo silêncio fascinadas.

Eugénio de Andrade, Obscuro Domínio

O teu Olhar diz-me muita coisa. Adorei poder-te olhar nos Olhos......

publicado por fartodotrabalho às 08:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 13 de Novembro de 2005

A Felicidade

Todos os dias Deus nos dá um momento em que

é possível mudar tudo que nos deixa infelizes.

O instante mágico é o momento que

um SIM ou um NÃO pode mudar

toda a nossa existência.

( Paulo Coelho )


publicado por fartodotrabalho às 20:24
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Novembro de 2005

Sabes gosto de Ti!!!!!

p7.jpg


Folha a folha vai, o Outono a caír

Letra a letra escrevo, o que hás-de ouvir



Longe de ti só posso inventar

Olhando as nuvens sempre a rodar

Sentindo o vento, chuva no ar



Gota a gota cai, a chuva no mar

Passo a passo vou, para onde quero estar



Olhos nos olhos, a mão na mão

Sentindo o vento, sentindo o chão

Se gosto de ti, porque não?


Pensava eu que não tinha saudade de ninguem e agora morro de saudades tuas...

Toneladas de Beijinhus

Estás comigo (no meu coração) na Golegã

publicado por fartodotrabalho às 08:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2005

Adorei

Eu não tenho nenhuma coragem, mas procedo como se a tivesse, o que talvez venha dar ao mesmo
Acredita eu sei que vou ter coragem, sei que tu vais ter coragem

publicado por fartodotrabalho às 22:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Há tanto tempo (espero por ti)

Há tanto tempo espero por ti
na solidão do meu lugar
vem aquecer-me a cama
traz flores para o jantar

Sempre habitaste o meu coração
és a razão do meu fervor
mas não te vejo a cara
não sinto o teu calor

Podes contar ao mundo
como eu te procurei
quando me for embora
diz que te encontrei

Mesmo que tu não sejas real
ou sejas quem eu não previ
hei-de inventar-te sempre
hei-de esperar por ti

Podes contar ao mundo
como eu te procurei
quando me for embora
diz que te encontrei

Jorge Palma

Esperei por ti, esperei pela tua mensagem, não queria nada, apenas queria dar-te o beijo de boa Noite, apenas queria poder-te dizer Olá.....

publicado por fartodotrabalho às 09:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2005

Realidade

p103e.jpg


Foto algures na Leziria Ribatejana


Cada um de nós cria a sua própria realidade. Pode, por isso, construir a sua felicidade. E, ao reconhecermos que assim é, deixamos de depender ou de precisar de alguém para ser feliz.

publicado por fartodotrabalho às 20:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 8 de Novembro de 2005

Where is My Star......

earthmo2.gif


Acredito que a minha estrela estará a começar a brilhar............

publicado por fartodotrabalho às 18:26
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Novembro de 2005

Something Special

"...O mundo gira, tudo está em permanente mudança, as boas surpresas e os encontros “mágicos” costumam surgir quando menos se espera..."

Só para assinalar algo de bom que me aconteceu hoje.....

publicado por fartodotrabalho às 20:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Engates recentes

. Near the end...

. Quando eu te falei em Amo...

. Outra vez natal...

. As coisas boas da Vida

. Quero-te aqui

. The Wall

. Ouvir o Silencio

. Eu vou...

. Cantas Comigo???

. Cadeira Horrível!!!

.Engates Passados

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005