Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006

O que é o Amor?

Aqui apresento-vos definições de O que é o amor? Definições dadas por miúdos dos 4 aos 8 anos....Pensem....é mesmo para reflectir

" Amor e quando alguém te magoa e você, mesmo muito magoado, não grita, porque sabe que isso fere os seus sentimentos " (Mathew, 8 anos)
" Amor e quando uma menina coloca perfume e o menino coloca After-Shave e se cheiram " (Karl, 5 anos)
" Amor e como uma velhinha e um velhinho que ainda são muito amigos, mesmo conhecendo-se há muito tempo " (Tommy, 6 anos)
" Quando você fala para alguém algo ruim sobre você mesmo e sente medo que essa pessoa não venha a te amar por causa disso, ai você se surpreende, já que não só continuam te amando, como agora te amam ainda mais " (Samantha, 7 anos)
" Amor e quando mama vê o papai suado e mal cheiroso e ainda fala que ele e mais bonito que o Robert Redford " (Chris, 8 anos)
" Deus poderia ter dito palavras mágicas para que os pregos caíssem do crucifixo, mas ele não disse isso. Isso e amor " (Max, 5 anos)
"Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome e diferente " (Billy, 4 anos)
...para reflectir...

publicado por fartodotrabalho às 15:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 15 de Janeiro de 2006

My Way... A Mi manera...A minha maneira

E agora, o fim está próximo.
e finalmente enfrento a cortina final.
Meu amigo, vou dizer-te claramente,
vou expor-te a minha vida, o que sei.

Vivi uma vida cheia.
Viajei por todos os caminhos;
Mas mais, muito mais do que isto
Fiz-lo à minha maneira.

Arrependimentos... tive uns quantos;
Mas, afinal, muito poucos para relatar.
Fiz o que tinha de fazer
e percorri tudo sem hesitações.

Planeei todos os meus caminhos;
Cada passo cuidadosamente no caminho,
Mas mais, muito mais do que isto,
Fiz-lo à minha maneira.

Sim, existiram momentos, tenho a certeza que sabias
Quando eu mordi mais do que o que podia
Mas ao longo do caminho, quando havia dúvida,
Eu engolia, cuspia.
Enfrentei tudo, e mantive-me erguido;
E fiz-lo à minha maneira.

Amei, ri-me e chorei.
Tive a minha dose, o meu quinhão de perda.
E agora, quando as lágrimas abrandam
Acho tudo tão divertido

E pensar que fiz tudo isso;
E posso dize-lo - não de uma forma tímida,
"Não, oh, não eu,
Eu fiz-lo à minha maneira".

Tradução da My Way - Frank Sinatra

Isto sem duvida alguma é a historia da minha vida....Fiz e faço sempre tudo a minha maneira....Arrependimentos? Alguns....Mas não vou chorar pelas Lágrimas ja derramadas, há que viver o presente como um presente da vida, há que encarar o futuro e vive-lo...

publicado por fartodotrabalho às 18:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2006

Faz anos hoje

Faz anos hoje.....
Faz anos hoje que te conheci....Por tua causa, arrependo-me das consequencias que dai adviram... Eu sei que por ti.... talvez tenha deixado fugir uma oportunidade de ser feliz...ou melhor eu sei que de quem estou a falar, sei que me faria feliz....Tu hoje estás bem....Ela está bem....Eu? Não sei....
Hoje ouvi a "nossa" musica chorei....Chorei... Não foi por ti...chorei pelas decisões que eu tomei....Que posso fazer? Nada.... Apenas tentar ser feliz com o que tenho.....

"You and I just have a dream
To find our love a place, where we can hide away
You and I were just made
To love each other now, forever and a day

Time stands still when the days of innocence
Are falling for the night
I love you girl I always will
I swear I’m there for you
Till the day I die"

Scorpions You & I - A "nossa" musica

Olhei para a unica recordação tua....ainda está na mesinha de cabeceira....mas agora na gaveta das recordações......

publicado por fartodotrabalho às 20:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 10 de Janeiro de 2006

Os dias são para Reflectir

Os dias são de parar e reflectir... São de olhar para dentro de mim. De olhar para trás. Por vezes, olhando para o passado, damos muito mais valor ao presente que temos como presente da vida... e olhamos o futuro com muito mais fé. Olhar para trás, fazer os balanços que gosto e preciso. Ver que afinal os erros não foram erros, foram aprendizagem. Que os amores que podiam ter sido e não foram, não foram porque não podiam ser. Que os encontros não foram por acaso. Que as despedidas deixaram as marcas que o tempo não fez esquecer, mas que sarou. Que o passar dos dias trouxe paz à minha vida, que o meu peito se tornou leve, que o meu coração bate compassado...como se me dissesse que está pronto. Outra vez. Olhar para traz e ver que a vida muda a cada instante...que um dia pode fazer toda a diferença. Que quando pensei que tinha perdido tudo, afinal ganhei. Que aqui dentro, perdido no meio de mim, há trilhos que por vezes percorro com medo de caminhar por lá sozinho, com medo de me perder. Mas quando encontro coragem e avanço ... encontro pedaços que me fazem sorrir. Coisas que não sabia que tinha, que descubro escondidas de mim e do mundo...perdidas no meio do nada do tanto que sou...

publicado por fartodotrabalho às 13:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2006

Turbilhão

E existe uma confusão de sentimentos no meio do meu peito

As vezes acho que falar pode amenizar

Outras acho que o silêncio poderia me explicar algo, mas não pode

As vezes acho que o vento poderia levar embora

As vezes acho que me recolher faria tudo isso mudar

...e existe uma confusão de sentimentos no meio do meu peito

E penso que não posso fazer nada , só senti-los

As vezes acho que alguns deles retornam com força

As vezes acho que outros morrem para nascer novos sentimentos

As vezes acho que novos sentimentos atordoam-me

As vezes acho que antigos angustiam-me

As vezes acho que alguns dão-me paz

...e existe uma confusão de sentimentos no meio do meu peito

as vezes acho que a vida é como o mar, tão visível e pálpavel mas não podemos abarca-lo

as vezes penso que não sei dizer o que é o amor...só sei senti-lo

as vezes penso que a amizade é como um jardim que devemos cuidar todos os dias, poda-lo, aguar, adubar...

as vezes penso que a família é algo como diamante antes de ser descoberto...

...e existe uma confusão de sentimentos no meio do meu peito

as vezes acho sentido no nada

e as vezes acho nada sem sentido

as vezes acho que não sabemos enxergar com os olhos

as vezes acho que os dois lados existem sempre e que o ser humano oscila o tempo todo

... e existe uma confusão de sentimentos no meio de meu peito

que faz eu ser o que sou agora...

e me faz enxergar o que antes eu não via

que me faz falar o que antes eu não diria

ouvir o que não queria

que me faz sentir o frio e o calor sem reclamar.

E que faz-me fechar meus olhos para o q não devo ver no momento...

...e existe uma confusão de sentimentos no meio do meu peito

desses que é só confusão, nenhuma explicação

que me faz ficar longe de tudo e mais perto de mim...

as vezes acho que isso é a verdade...

...e existe uma confusão de sentimentos no meio do meu peito

embora tudo se transforme em algo que nem sei ainda o que é...só sei do aperto que me dá, do sabor da inércia e do meu olhar que não alcança mais do que a mim mesmo no meio da confusão de sentimentos que existe no meio do meu peito.

Uma paz as vezes invande-me

publicado por fartodotrabalho às 20:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2006

Miminhos Bons

Nunca são as coisas mais simples que aparecem quando as esperamos.
O que é mais simples, como o amor, ou o mais evidente dos sorrisos, não se encontra no curso previsível da vida. Porém, se nos distraímos do calendário, ou se o acaso dos passos nos empurrou para fora do caminho habitual, então as coisas são outras.

Nada do que se espera transforma o que somos se não for isso:

um desvio no olhar; ou a mão que se demora no teu ombro, forçando uma aproximação dos lábios.

È só para te agradecer os miminhos que me deste ontem "naquele" sofá...
Tudo foi bom....Os Planos...As trocas de Palavras...Os Miminhos...

publicado por fartodotrabalho às 10:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2006

Que começo de Ano

2006 começou da pior maneira...
Uma gripezinha pôs-me na Cama, febre, o corpo todo durido...O que me resta? Os miminhos da mãmã, das minhas duas irmãs...
Hoje tou sem inspiração....

publicado por fartodotrabalho às 09:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2006

2005 - Balanço

Desejos cumpridos outros por cumprir, 2005 foi um ano excelente…Acabei com um fantasma do passado que me atormentava, refiz uma velha amizade, tive uns dias excelentes de férias na Costa Vicentina, criei pela primeira vez este Blog, conheci o “Lusco-fusco, apaguei o Blog, Criei novamente o Blog, Conheci uma “luz” muito especial que brilha e brilha mesmo muito…Em suma 2005 foi um ano excelente….
Novos desejos foram pedidos para 2006

publicado por fartodotrabalho às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Engates recentes

. Near the end...

. Quando eu te falei em Amo...

. Outra vez natal...

. As coisas boas da Vida

. Quero-te aqui

. The Wall

. Ouvir o Silencio

. Eu vou...

. Cantas Comigo???

. Cadeira Horrível!!!

.Engates Passados

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005