Domingo, 6 de Novembro de 2005

Juro-te que lutei

Juro-te que lutei,
Tentei com todas as minhas forças resistir... Mas foi em vão,
“Ela” já tinha virado as costas e desaparecido (como fumo no ar)
Partiu, e deixou comigo uma sensação de vazio e desconforto.
Hoje, guardo apenas a recordação de todos os momentos que partilhamos juntos,
De todas as emoções que vivemos,
De todas as juras de eterno
E de todas as certezas que julgávamos ter ...
Agora, resta apenas o carinho por toda a nossa historia,
Não sei como te o dizer...
Não sei... porque ainda me sinto perdido num mar de sentimentos que teimam em não desaparecer por dias a fio... Tornando-se cada dia mais evidentes e claros como uma paisagem após uma catástrofe natural.
Estou na fase de rescaldo,
Sento-me no que resta da minha poltrona, e contemplo toda a imagem através da janela do meu coração...
... E o que vejo são apenas recordações... Meras recordações...
... e uma saudade enorme dos tempos em que fomos Felizes.
O meu Sonho continua lá... naquele cantinho onde havia nascido,
Apesar de toda esta devastação, o Amor continua lá....
Amor em todas as formas e feitios, ansioso por circular e voltar a provocar uma onda de calor em todo o meu Ser.
Olho para o meu coração e sorrio... sussurro-lhe bem baixinho que sem mover os lábios e asseguro-lhe que tudo se resolverá.
Em breve estaremos juntos impelidos de novo por um vento que sopra forte nas suas velas e que nos fará viajar para junto do nosso sonho para que tudo se complete como sempre esteve predestinado desde a aurora.
Oxalá que esse vento sopre depressa, para que a alegria transcenda o sonho.
Sim é bom acreditar sempre, mesmo que esmoreça por um momento a luz
Continuará sempre a brilhar.
Juro-te que Lutei.........mas por ti não luto mais.......

publicado por fartodotrabalho às 17:31
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Marta a 6 de Novembro de 2005 às 19:37
Bem, andas mto pró romêntico e mto poético. Acaba com os engate e parte para o que realmente queres. Quando tentamos apanhar vários pássaros ao mesmo tempo, acabamos por ficar sem nenhum. Nunca dês nada como garantido e aprende a lutar verdadeiramente por quem gostas, porque hoje há mtas distracções à volta. Temos de fazer valer a nossa postura e aquilo que realmente queremos. Temos de aprender a ter certezas. Temos de respeitar quem queremos. Ama para seres amado. Respeita para seres respeitado. Aprende a manter os teus amigos, para que em tempos de infortúnio, tenhas quem dê a camisa por ti. Cultiva em ti a noção de seres um ser humano cada vez melhor. É isso que nos torna superiores em relação aos demais. Beijos grandes e reflecte um pouco mais. Com carinho desta tua amiga.


De davidinho a 6 de Novembro de 2005 às 19:30
bem....
so keres classe...
tou a ver tou a ver....
inda ontem factoras-te a serio!
isso e o k interessa!
abraco pa ti!


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Engates recentes

. Near the end...

. Quando eu te falei em Amo...

. Outra vez natal...

. As coisas boas da Vida

. Quero-te aqui

. The Wall

. Ouvir o Silencio

. Eu vou...

. Cantas Comigo???

. Cadeira Horrível!!!

.Engates Passados

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.A música do fim de semana




.Número de Engates

financial advisor
financial advisor Counter