Domingo, 23 de Julho de 2006

Amor, Sexo, Fim

Preciso de me desenvencilhar do cinismo da escrita, que enfeita a verdade e a dissimula, impondo-nos sentidos contrários. Tantas palavras polvilhadas sem parcimónia como especiarias em excesso, têm vindo a disfarçar o sabor do que quero de facto dizer-te.
Desde que nós, homens, nos largámos as caudas de girino pelos chãos sulfurosos e nos abalançámos a braços e pernas e alma, que tendemos a confundir as urgências da carne com a paixão e esta, com a vontade de envelhecer junto. Andamos ao engano desde o início dos tempos, a tentar fintar a Natureza e a querer convencê-la de que o prazer estúpido com que em boa hora resolveu dotar-nos os pontos cardeais, não é mero engodo para que embarquemos mecanicamente na perpetuação da espécie, mas algo de mais profundo e inexorável que nos enobrece a condição. Estou certo de que alguma confusão destas terei feito para me ter convencido de que te amava enquanto ardia por dentro à sexta-feira à noite.
Hoje, quando tenho a certeza do que apenas quereria de ti (uma hora, uma tarde, e só porque não suporto não saber como poderia ter sido), quero dizer-te que te amei, sim, mas que acabou. Não te amo mais porque não te posso ter e porque que foram demais, as palavras gastas na camuflagem de guerra. Bastariam mais ou menos três: Amor. Sexo. Fim. Não necessariamente ao mesmo tempo nem, obrigatoriamente, por esta ordem. Ficamos, então, assim e eu prometo não mais confundir o meu desejo animal com a tua solidão. E que me releves o atrevimento, afinal, todos sabemos: o Amor é a brincadeira preferida dos adultos.




(Musica- Scorpions Wind of Change)

publicado por fartodotrabalho às 15:15
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De MoonLight a 26 de Julho de 2006 às 17:46
Hum! Andas com uns pensamentos... Ai! Ai! Ai! Só me resta dizer-te uma coisa amigo: cada um tem na vida o que quer nela. A dor, a tristeza, a alegria, o amor... Temos tudo o que queremos! Por isso, faz o que for melhor para ti! SEGUE SEMPRE O TEU CORAÇÃO!!!! Bjs de Luz


De provocadorainocente a 25 de Julho de 2006 às 15:57
E que brincadeira. Agora pergunto-te: existe mm um fim para esse jogo??


De MalucaResponsavel a 23 de Julho de 2006 às 17:54
Tu quando queres és de uma sinceridade assustadora. Txt lindo, que espero, por ti, que seja mesmo honesto, sem subtilezas d qq especie... um txt para q, talvez, entendas o q sao "aventuras", bjs, sexo, um amo-te aqui e ali, só para saber cm é, e o que é mm aquela primeira palavra que dá titulo ao txt: Amor. se este existe, sexo tb. poderás esqcer o fim, para já, e limitares-te a viver... bj


De rakel30 a 10 de Agosto de 2006 às 13:54
até percebo a parte do amor (mesmo vendo que esse amor era apenas para possuires e não para amares de verdade). Até percebo o fim...já que não podeste possuir esse "amor"..´. só não entendo onde raio entrou o sexo. Parece-me que foi um "amor" tido apenas numa direção, mesmo que eu cá lhe chame vontade sexual. portanto, deve ter sido mesmo uma confusão que fizeste nos sentimentos. E aqui nem há sentimento, parece-me apenas vontade. Resumindo, acho que nem podes aplicar as palavras amor nem sexo (que não existiram), talvez apenas a palavra Fim. Essa sim, tem a ver contigo...


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Engates recentes

. Near the end...

. Quando eu te falei em Amo...

. Outra vez natal...

. As coisas boas da Vida

. Quero-te aqui

. The Wall

. Ouvir o Silencio

. Eu vou...

. Cantas Comigo???

. Cadeira Horrível!!!

.Engates Passados

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005